Tempestade geomagnética (G2) – bem em cima de nós

Conforme havíamos registrado na ultima postagem estávamos prevendo que nos últimos dias de nossa viagem  de setembro de 2017 deveríamos ter a chegada de uma forte radiação vinda do sol, modificando o campo magnético da Terra, o que poderia promover fortes auroras boreais. Para melhorar, estaríamos no nosso chalé isolado em Kilpisjarvi, vilarejo no extremo norte …