QUAL MELHOR MÊS PARA CAÇAR A AURORA BOREAL

Fala galera, aqui é o Daniel Japor.

Para quem está chegando agora em nosso Blog, uma breve apresentação:

Sou um especialista no fenômeno da aurora boreal, o primeiro caçador de aurora do Brasil. A primeira vez que observei a aurora foi em 2006 na cidade chamada Tromso, na Noruega. Desde então não parei mais de viajar ao ártico em busca das luzes, com diversas expedições todos os anos, em várias partes do mundo. Já fizemos quase uma centena de viagens ao Ártico levando mais de mil brasileiros ao encontro do mais impressionante fenômeno natural da Terra.

Retornamos ao blog após um tempo, com o objetivo de escrever regularmente, agregando o máximo de conteúdo possível em todas as nossas plataformas. Instagram http://www.instagram.com/auroraborealgeotrip e Facebook http://www.facebook.com/auroraborealgeotrip

Hoje falarei sobre QUAL SERIA O MELHOR MÊS PARA VIAJAR E VER/CAÇAR A AURORA BOREAL?

Essa pergunta pode ser respondida de forma bem simples e a resposta é:

NAO EXISTE UM MÊS MELHOR!  Não temos como prever qual será o melhor mês a cada ano!

Para quem busca uma resposta simples e objetiva é só isso. Para saber o motivo da resposta, é preciso ler até o final..

POR QUE NÃO SE PODE PREVER?

A AURORA BOREAL SE FORMA NO SOL através de “explosões” em sua superfície. São diversas explosões por mês, nas mais variadas áreas do sol. Essas explosões emitem plasma, radiação, em “labaredas” monstruosas, milhares de vezes maior do que nosso planeta. Quando uma dessas ocorre em direção à Terra, a radiação que ela emite demora de 2 a 3 dias, em média, para chegar no nosso planeta. Quando chega, acaba sendo atraída pelos campos magnéticos que ficam, mais ou menos, próximos ao Polo Geográfico, e penetra na nossa atmosfera. Bem na fronteira com o espaço,  à cerca de 120 kilometros de altitude (na fronteira com o espaço), essa radiação se choca com os átomos de oxigênio e hidrogênio formando uma reação em cadeia de luz. É A AURORA BOREAL COMO CONHECEMOS!

Precisei escrever tudo isso para dizer, apenas, que o mês, a estação do ano, o clima, ou qualquer outro item terreno jamais irá influenciar o que ocorre no sol ou na radiação que ele emite. As explosões no sol que formam a aurora boreal são aleatórias. Não ocorrerá mais ou menos intensamente de acordo com o que está acontecendo no nosso planeta.

Dito isso surge mais uma dúvida, eu sei…

JÁ QUE NÃO PODEMOS SABER QUAL MÊS, POR QUE A TEMPORADA VAI DE SETEMBRO ATÉ MARÇO?

Essa resposta não tem nada a ver com a aurora.

Viajamos apenas de setembro até março por que, nas regiões polares (onde ocorrem a aurora), só temos escuridão e noite complete entre setembro e março, nos demais meses do ano o sol mal se põe.

COMO ASSIM?

DE ABRIL ATÉ AGOSTO

As regiões polares são diferentes de onde habitam quase que o total de habitantes da Terra.  De abril até agosto o sol não se põe integralmente, deixando as noites claras, com luz, céu colorido, mesmo meia noite, sem que possamos ver a escuridão, as estrelas e, consequentemente, a aurora.

Isso mesmo, naquelas regiões, muitas vezes a aurora tá lá no céu, forte,  mas quem está em cidades polares como Tromso, por exemplo, não vê.  A claridade do céu que nunca escurece nessa época, atrapalha. Se não vê estrelas, não vê a aurora…

DE SETEMBRO ATÉ MARÇO (TEMPORADA)

Ao contrário dos meses narrados acima, DE SETEMBRO ATÉ MARÇO tem noite e dia. Assim, é a época certa para a caçar a aurora boreal. São os meses onde se tem escuridão suficiente parar ver a luz.

SÓ POR ISSO EXISTE UMA TEMPORADA DA AURORA BOREAL.

Se tivéssemos dia e noite normais nessas regiões pelo ano inteiro, poderíamos viajar em busca da aurora em qualquer mês.

Então QUAL SERIA O MELHOR DOS MESES PARA EU VIAJAR DENTRO DOS MESES ONDE SE TEM ESCURIDÃO SUFICIENTE?

Agora a resposta é TOTALMENTE SUBJETIVA.

DEPENDE DE VOCÊ!   Como a resposta não tem nada a ver com chances para visualização da aurora, fica a critério de cada uma escolher qual mês prefere em relação as outras coisas como neve, vegetação, frio, etc..

Algumas diferenças:

SETEMBRO

Temperatura positiva e amena em nossos 2 primeiros destinos dentro da mesma viagem e próxima ou pouco abaixo de 0 no terceiro e último percurso de nosso roteiro, no lodge situado na Lapônia finlandesa. Vegetação colorida de verde e amarelo com pinheiros e bétulas, fiordes, sem neve e visual de cartão postal que só a Noruega têm.

OUTUBRO

Temperatura ainda positiva ou levemente negativa nos 2 primeiros destinos da viagem e temperatura já negativa, mas ainda tranquila, no último destino do percurso. Um pouco menos do colorido da vegetação mas já temos neve no último destino, normalmente.

NOVEMBRO E DEZEMBRO

Meses similares com temperaturas negativas, mas não muito nos primeiros 2 destinos, bastante frio podendo chegar a 20 negativos no último. Tudo branco, mas muito pouca luz. Basicamente, nesses meses, o sol não aparece, apenas ilumina o horizonte que fica colorido de 9 da manhã até 2 da tarde. A luz indireta fica azul e ilumina a neve, deixando tudo fluorescente. É um mês bem legal pros que buscam a experiência da noite polar.

JANEIRO/ FEVEREIRO E MARÇO

Muito frio, temperaturas levemente abaixo de 10 negativos nos nossos  primeiros destino, com o termômetro caindo muito e podendo normalmente chegar abaixo de 20 negativos na última parte do roteiro. Muita neve, tudo branco, passeios como trenó e moto neve disponibilizados por empresas locais.

ASSIM, A ESCOLHA A SER FEITA na hora de decidir qual mês seria o melhor para você, deve-se focar apenas nos quesitos ligados a temperatura, vegetação e frio.

Por hoje fico por aqui, irei escrever regularmente sobre essa que é a paixão da minha vida e você será sempre bem vindo.

Abraços

Daniel Japor

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *